V Colóquio Sul

Plenária

Mulheres na Matemática: um projeto para dar visibilidade ao trabalho acadêmico-científico de matemáticas

Cecília de Souza Fernandes (UFF)

on  qua, 9:00 ! Ao vivoem  Zoompor  60min

A história da Matemática é um conteúdo importante não só para professores de Matemática de todos os níveis como também para os alunos, principalmente os alunos do ensino fundamental. Nesse sentido, segundo a M.A.A (Mathematical Association of America), o conhecimento da história da Matemática mostra aos alunos que ela é uma conquista humana, geralmente desenvolvida de forma intuitiva e experimental a partir da necessidade de se resolver problemas nas mais diversas áreas do saber. Contudo, quando se apresenta a história da Matemática aos alunos, ela se apresenta totalmente masculinizada, uma vez que, infelizmente, matemáticas e suas contribuições não são mencionadas. Talvez, esse seja um dos principais fatores de meninas se sentirem desestimuladas a seguir a carreira matemática: a falta de modelos para se identificar. De fato, parece que muitas meninas se sentem desestimuladas a seguir a carreira científica. Em várias áreas do conhecimento, os homens são a grande maioria. Em áreas mais antigas do conhecimento, como a Filosofia, (talvez) já ouvimos falar em Heráclito, Platão, Aristóteles, Santo Agostinho, Maquiavel, Hobbes, Locke, Mostesquieu, Marx, Nietzsche, Russel, Sartre. Uma viagem pelo tempo sem mencionar um nome feminino. Assim é na Literatura, nas Artes, no Direito, e em tantas outras áreas, enquanto produção do saber. A frase “Saber é poder” é conhecida por muitos de nós. Vários pensadores, de Platão ou Aristóteles a Francis Bacon ou Michel Foucault, defendem uma relação muito próxima entre as informações que constituem o saber e o poder decorrente dele. Produzir saber gera poder e o poder foi negado às mulheres por séculos… Na Matemática, objeto de nosso interesse, não poderia ser diferente. A Matemática é a base para o estudo de todo o mundo físico. E como por séculos, as mulheres foram impedidas de estudar, ficaram longe da Matemática. Por pensar ser importante dar visibilidade ao papel de matemáticas na ciência e na sociedade, idealizamos o projeto “Mulheres na Matemática”, que tem como principal objetivo divulgar o trabalho acadêmico científico de matemáticas. O projeto foi implementado em 2017 no Instituto de Matemática e Estatística da Universidade Federal Fluminense (UFF) e tem desenvolvido importantes ações. Uma dessas ações foi a idealização e implantação da disciplina “A história de mulheres matemáticas para a formação de professores” para o Curso de Licenciatura de Matemática da UFF, sendo a primeira disciplina sobre a temática a ser oferecida em um centro de ensino e pesquisa em Matemática no Brasil.

 Visão geral  Programa Completo